quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Passos de Santidade

Texto bíblico: Isaías 6:1-8

 

A visão de Isaías continuou. Ao ver a glória percebeu que estava no lugar errado, que não tinha nada a ver com o céu. Ele olhava aquele anjo resplandecente e ficou impressionado. Olha para si e conclui: aqui não tenho condição de ficar, se permanecer  vou morrer porque não sou santo, nem puro, nem restaurado,  não pareço nada com todos esses seres reluzentes.

Essa é uma das coisas que acontece com o verdadeiro adorador. Quando percebe indigno, pecador, vazio, vulnerável e fraco, bate um sentimento de impotência. Se o Serafim que é santo se cobria diante da santidade de Deus, quanto mais quem tem os lábios impuros e habita no meio de um povo impuro.

O que nossos lábios têm dito o longo da vida? Esse era o sentimento de Isaías.

Isaías se achava a pessoa mais santa e íntegra na terra. Muitas vezes nos diria: ai de vós. Mas nessa visão conclui: ai de mim.

Quando a glória de Deus se manifesta a primeira reação é se prostrar na sua presença, mas a segunda é que Ele abre nossos olhos para que vejamos a nós mesmos.

Buscar a Deus de toda a alma revela os pecados e as áreas que precisam ser trabalhadas. O processo de santificação passa necessariamente pela adoração.

Bate um sentimento pesado e somos levados a pedir a misericórdia de Deus.

E esse Deus Santo se importa conosco. Quando o barulho dos anjos acontecia, os alicerces do céu se balançavam e nisso tudo Deus ouviu a voz fraca de Isaías.

Ai de mim, ao dizer isso voa em direção de Isaías um anjo, trazendo um brasa viva na ponta de uma tenaz  e toca seus lábios.

Ao clamarmos a Deus: ai de mim, os céus se movimentam e Deus opera transformação, libertação e salvação.

Quando reconhecemos a glória de Deus e nossas necessidades, como dependentes d'Ele, os céus se movem.

Ana orava para que Deus lhe desse um filho, Deus honra seu resmungar baixinho e ela pode conceber.

O adorador é aquele quebrantado que se prostra e não fica largado porque Deus movimenta todos os recursos em prol dele, simplesmente porque o ama. O adorador é aquele que deixa ser tocado pelo Espírito Santo.

Quando Deus se revela, quais são os sentimentos? Quais as áreas que precisam ser tratadas?

Ele quer que sejamos santos e participemos da sua glória.

Depois que Isaías enxerga a glória de Deus e sua indignidade e se deixa ser tocado, ouve a voz de Deus. É necessário ouvir  voz de Deus. Vejamos o verso 8:

Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então, disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim.

O adorador é aquele que tem a visão de Deus, deixa ser tocado por Ele e descobre que a vida não tem sentido se não descobrir e aprender que Deus tem um projeto e é necessário estar nele: eis-me aqui, envia-me a mim.

 

Isaías ouve a voz de Deus e ao perceber seu amor não consegue mais ficar quieto, mas dirá: usa-me como quiseres. Não há como viver de maneira diferente se não debaixo da glória.

Você já viu Deus? Ele quer se mostrar por inteiro e a sala do torno está aberta.

Jesus é o caminho é o caminho, a verdade e a vida e ninguém vai ao pai se não por Ele, está escrito.

Hoje o anjo não precisa trazer numa tenaz uma brasa, porque o sangue de Jesus purifica todo o pecado. Seu sangue nos lava por completo para que vejamos a glória de Deus

O Espírito Santo de Deus foi derramado sobre toda aquela que invoca o nome de Jesus.

Como adorador, não existe algo melhor do que entrar na presença de Deus, poder falar Ele, se derramar na sua presença.

 

Quais são as áreas da nossa vida que precisam ser tocadas?

Deus que mexer com as estruturas, quer nos tomar pelos braços simplesmente porque nos ama.

O desafio é colocar no altar de Deus todo peso que nos impede de sermos verdadeiros adoradores.

Então, devemos colocar diante d'Ele todos os nossos sentimento, pedir a Ele que nos toque e dizer pela fé quero ser tocado, sentir sua presença.

Aos adoradores com os quais o Espírito Santo fala, convidamos a orar, clamar ao Senhor para que haja transformação, santificação.

Deus, como podes se importar conosco que somos um simples grão e areia no universo? Como Isaías, nós estamos sentimos o peso e que nossos lábios ou quem sabe o coração precisa ser purificado; quem sabe os olhos que precisam ser abertos para contemplar sua glória; seus anjos pairam sobre nós, como também seu Espírito e que sejamos tocados, curados, sarados, transformados, selados. Manifesta sua glória para que sejamos transformados, nos aceita como seus adoradores e que possamos, como Isaías dizer: envia-me a mim. Aceita nossa adoração e nos ensina a ser adoradores.

 

 

(fonte: Dia-a-dia com Deus c/ Paschoal Piragini Jr)

 

 

Isaías Capítulo 6:1-8

 

·         No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo.

·         Os serafins estavam acima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, e com duas cobriam os pés, e com duas voavam.

·         E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.

·         E os umbrais das portas se moveram com a voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.

·         Então, disse eu: ai de mim, que vou perecendo! Porque eu sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o SENHOR dos Exércitos!

·         Mas um dos serafins voou para mim trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz;

·         E com ela tocou a minha boca e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e purificado o teu pecado.

·         Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então, disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário